A relação entre gatos e a água corrente

Felinos têm uma natureza muito sistemática e curiosa, somos cheios de manias, e uma das que mais intrigam nossos humanos é nossa paixão pela água corrente e alguns casos água do piso do banheiro pós-banho humano.

cat drinking

Muitos se preocupam e se perguntam se essa nossa mania pode significar alguma carência de água, gostaria de lembrá-los que nós gatos somos originalmente criaturas do deserto, e nossos rins possuem uma boa capacidade de concentrar a urina e absorver o máximo possível de água. Um gato não costuma ir à vasilha de água com a mesma frequência que um cachorro.

Porém em alguns casos é bom que os humanos fique de olho em nós:

(1) se um gato idoso aparenta beber mais água que o costume;

(2) tentar erguer a tampa de um vaso sanitário, ou pede água com frequência;

(3) faz mais xixi que o comum;

(4) ou a vasilha de água fica vazia muito rápido

Nesses casos leve seu gatinho ao veterinário e procure saber se ele está realmente saudável, existem várias doenças que prejudicam o equilíbrio entre a sede e a ingestão de água.

Muitos humanos têm como hábito deixar que seu gato entre no box do banheiro e lamba os respingos de água do chão, bom em realção a isso fãs: a água da pia pode, do box não! O respingos de água do banho humano é uma água suja e imagino que você não deixaria seu filhote humano beber dela correto? Os resquícios de sabão e sujeira naquela água podem ser prejudiciais à nossa saúde, por favor, por mais que estejamos implorando, não nos deixe cometer esse erro!

Porquê fazemos isso?

A resposta é simples meus fãs, instintos de sobrevivência.

Na natureza água parada não é vista como saudável, é incrível, mas desde os nossos ancestrais esse conhecimento faz parte do nosso ser.

Antigamente nossa dieta era apenas carnívora, e a maior porção de água consumida estavam no alimento, e o hábito de continuar procurando água com aparência saudável (corrente), continua em nós.

tiger

Incentivando o consumo de água:

cat fountain

  • Deixe a água longe da ração e da caixa de areia: erro comum entre os humanos, apenas lembrem-se que na natureza um animal morto (comida) perto da água não é saudável, e nós sabemos disso! O mesmo em relação a caixinhas de areia.
  • Água limpa e fresca: troque pelo menos uma vez ao dia.
  • Mude a temperatura: pedras de gelo são bem vindas, e não deixe a água no sol porque ninguém gosta de água quente humanos.
  • Bebedouros de água corrente: a solução para os humanos que não tem paciência pra ficar abrindo torneira toda hora, e tudo bem, eu entendo que é chato. Esses bebedouros são sensacionais para o incentivo e existem vários modelos no mercado, além de ser possível fazer em casa também (vou colocar um video do youtube ensinando).

 

Anúncios

Como bebemos água?

Foto: vashipitomcy.ru

Foto: vashipitomcy.ru

A natureza é perfeita né? E os gatos mais ainda.

Cientistas descobriram que para beber água, nós gatos demonstramos conhecimento avançado de física e mecânica de fluidos, e como?

Nós desafiamos as leis da gravidade é óbvio! 

Com movimentos rápidos, formamos uma coluna com o líquido, e assim driblamos a gravidade apenas pelo tempo necessário de colocar a água dentro da boca.

”O que é fantástico é que o gato sabe exatamente quando fechar a boca e repete o processo em uma frequência que aumenta o volume ingerido. Se ele esperasse mais uma fração de segundo, a gravidade faria com que a coluna se rompesse e a maior parte cairia novamente na tigela. É aqui que os gatos mostram claramente o seu ‘profundo conhecimento’ de física e mecânica de fluidos!” – Pedro Reis, autor do estudo.

Fonte: ultimosegundo.ig